image1! image2 image3 image4 image5

4 de setembro de 2015

VOCE É O QUE VOCE COME....

0 comentários

  Nos  aspectos mental e espiritual o que a
pessoa é sofre a influência daquilo que lê,
dos filmes e dos programas de televisão aos
quais assiste e dos outros veículos de informação
e entretenimento como a Internet e
os jogos de computador. Diga-me as fontes
favoritas de informações ou diversão de
alguém que, provavelmente, poderei fazer
um diagnóstico da sua condição espiritual.
O Senhor criou as pessoas com fome
espiritual pela verdade, isto é, percepções e idéias que alimentem
suas almas, ajudem-nas a melhor entender Deus e os Seus
caminhos, e as inspirem a viver de uma forma mais saudável
em todos os aspectos. Mas, infelizmente, o apetite espiritual de
muitos foi pervertido pelas coisas erradas que leram ou às quais
assistiram, como acontece quando se desenvolve o gosto por
porcarias e doces, preferindo estes aos bons alimentos integrais.
As Palavras do Senhor são uma dádiva preciosa do Seu
amor e uma prova especial da Sua amizade. Não são somente
para nossa informação, mas são também um reservatório
inestimável de coragem, força, fé, esperança e vida. Se alguma
vez estiver sentindo-se deprimido ou confuso ou simplesmente
esgotado, não há nada como parar uns minutinhos para ler
alguns Salmos ou um capítulo dos Evangelhos, ou uma publicação
cristã baseada nas Escrituras, para elevar o seu espírito!
Read more

13 de dezembro de 2014

Quando as coisas não dão certo...

0 comentários


A tradicional medicina chinesa reza que todas as emoções negativas e doenças físicas têm origem em uma ruptura no sistema energético do organismo - a rede de meridianos de energia ou Chi (caminhos através dos quais a energia vital circula pelo nosso corpo). É a mesmíssima filosofia que rege a acupuntura tradicional com as agulhinhas e sobre a qual ela baseia seu funcionamento. O conceito que está por trás disto é simples: quando bloqueamos esse fluxo de energia, temos problemas, semelhante à água que corre por um caminho e, quando esse caminho é bloqueado, a água represada acumula detritos, apodrece e gera bactérias, mal cheiro. Quando acessamos um pensamento negativo ou memória traumática (lixo emocional), esse fato provoca a tal ruptura no sistema enérgico do organismo, ou seja, provoca bloqueio no fluxo de energia, então nos sentimos mal, sentimos dor física ou psicológica.
Mas deixando os chineses e as agulhinhas de lado...Eu tenho tenho um remédio diferente: gritar ta doendo! e, não fingir que tá tudo bem, que se eu pensar positivo, posso superar. Ache um ouvido amigo e desabafe,até que sua dor passe, ninguém faz milagre, mas ajuda a passar.
Read more

29 de junho de 2013

LEIA O QUE ESSES GÊNIOS TEM A DIZER...

0 comentários



“PARA MIM, FÉ COMEÇA com a
percepção de que uma inteligência
suprema criou o Universo e
o homem. Não me é difícil ter
esse tipo de fé, pois a harmonia
e a inteligência preponderantes
no Universo dá testemunho da
maior declaração já enunciada:
‘No princípio, Deus…’”
— ARTHUR COMPTON (1892–1962),
GANHADOR DO PRÊMIO NOBEL DE FÍSICA
EM 1927 POR DESCOBRIR COMO TRANSFERIR
ENERGIA DA RADIAÇÃO ELETROMAGNÉTICA
PARA UMA PARTÍCULA, CONHECIDA
COMO O EFEITO COMPTON.

“Se os únicos dados disponíveis
fossem os primeiros
capítulos do Livro de Gênesis,
alguns salmos e outras passagens
das Escrituras, eu teria chegado
essencialmente à mesma conclusão
da origem do universo fornecida
pelos dados científicos.”
— ARNO PENZIAS (1933 – ), RECEBEU
EM 1978 O PRÊMIO NOBEL DE FÍSICA
POR IDENTIFICAR A RADIAÇÃO DE FUNDO
CÓSMICA — PADRÕES QUE OS FÍSICOS
INTERPRETARAM INDICAR QUE O UNIVERSO
FOI CRIADO A PARTIR DO NADA.

“O princípio do propósito
[divino]... está diante dos olhos
do biólogo não importa para
onde ele esteja olhando. … A probabilidade
de um evento como
a origem das moléculas de DNA
ter acontecido a partir de pura
casualidade é pequena demais
para ser considerada.”
— ERNST BORIS CHAIN (1906–1979),
NOBEL DE MEDICINA EM 1945 PELA SUA
CONTRIBUIÇÃO NO DESENVOLVIMENTO DA
PENICILINA.

“Diante das maravilhas da vida
e do universo, o homem tem de
se questionar por que as únicas
respostas possíveis [no tocante à
origem da vida] são religiosas...
Sinto a necessidade de Deus no
Universo e na minha própria
vida”.
— ARTHUR L. SCHAWLOW (1921– ),
DIVIDIU O NOBEL DE FÍSICA EM 1981 PELO
DESENVOLVIMENTO DA ESPECTROSCOPIA
A LASER.

“Os que afirmam que o estudo
da ciência torna o homem ateu
devem ser pessoas muito tolas.”
— MAX BORN (1882–1970), DIVIDIU EM
1954 O NOBEL DE FÍSICA POR SUAS CONTRIBUIÇÕES
À FORMULAÇÃO DA TEORIA
QUÂNTICA.

“Não existe incompatibilidade
entre a ciência e a religião. … A
ciência demonstra a existência de
Deus.”
— DEREK BARTON (1918–1998), DIVIDIU
EM 1969 O PRÊMIO NOBEL DE QUÍMICA
PELO SEU ESTUDO DAS PROPRIEDADES DAS
SUBSTÂNCIAS ORGÂNICAS COMPLEXAS.
“A meu ver, somente um idiota
pode ser ateu.”
— CHRISTIAN B. ANFINSEN (1916–1995),
DIVIDIU EM 1972 O PRÊMIO NOBEL DE
QUÍMICA PELAS SUAS PESQUISAS NA
ESTRUTURA DE AMINOÁCIDOS E NA
ATIVIDADE BIOLÓGICA DA RIBONUCLEASE
ENZIMÁTICA.

“Tenho tantos colegas cristãos
que não consigo atravessar o
salão de reuniões da minha igreja
sem tropeçar em pelo menos
uma dúzia de físicos.”
— WILLIAM D. PHILLIPS (1948– )
GANHOU EM 1997 O NOBEL DE FÍSICA
POR USAR RAIOS LASER PARA PRODUZIR
TEMPERATURAS APENAS UMA FRAÇÃO DE
GRAU ACIMA DO ZERO ABSOLUTO.

“Eu apenas traço as linhas que
fluem de Deus.”
—ALBERT EINSTEIN (1879–1955), EM
1921, RECEBEU O NOBEL DE FÍSICA PELO
SEU TRABALHO NA ÁREA DE FÍSICA TEÓ-
RICA, ESPECIALMENTE NO TOCANTE À LEI
DO EFEITO FOTOELÉTRICO.

ciência e a fé s ão Compatíveis?
A Ganhadores do prêmio Nobel se manifestam
em Deus

Read more

6 de maio de 2013

Aprenda com os gansos

0 comentários





Os Gansos Ensinam
• Já se perguntou por que, quando os gansos migram, preferem
a formação em V? Como acontece com a maior parte do comportamento
animal, Deus lhes deu esse instinto por uma razão.
Cada vez que um deles bate as asas, gera uma força de propulsão
ascendente para o pássaro que vem atrás. Na formação em
V, com todo o bando voando, o alcance de vôo aumenta pelo
menos 71% em comparação com o que seria se cada pássaro
voasse só. Sempre que um ganso se distancia da formação, sente
imediatamente o puxão e a resistência e então volta rapidamente
à formação. Como os gansos, as pessoas que compartilham
uma direção comum e um senso de comunidade podem
chegar ao seu destino muito mais rápido do que as que tentam
individualmente.
• Quando o ganso guia se cansa, passa para o fim da formação
e outro assume a primeira posição. Se as pessoas tivessem o
bom senso desses animais, perceberiam que, em análise final,
o sucesso depende do esforço em equipe, no qual as pessoas se
revezam fazendo as tarefas difíceis e compartilhando a liderança.
• Os gansos no fim da formação grasnam para incentivar os da
frente a manter a velocidade. É importante que “grasnemos”
para incentivar, caso contrário só estaremos fazendo barulho.
• Quando um do bando fica doente ou se machuca, dois outros
saem da formação e o acompanham até o solo para oferecer
ajuda e proteção. Permanecem com o doente até ele se recuperar
e voltar a voar, ou morrer. Depois, levantam vôo, unindo-se
a outro bando que esteja passando, ou tentam alcançar o seu
grupo de origem. Que nós também sejamos sacrificados assim,
para podermos ser dignos de amigos assim na hora da necessidade.

Read more

27 de abril de 2013

DEUS É COMO UMA ESTAÇÃO TRANSMISSORA, FUNCIONANDO TODO O TEMPO

0 comentários


Assim como as ondas de radio sempre presentes no ar e em toda parte são invisíveis, o Espírito de Deus está constantemente nos envolvendo, esperando que façamos contato. E, como acontece ao pequeno radio transistor, o seu Criador o fez de maneira a receber esses sinais. O poder de Deus está sempre ligado e a mensagem está sempre presente. Mas, para recebê-la, precisamos estar ligados e sintonizados na Sua freqüência!
Em comparação com a tremenda potência e com a complexidade das operações da estação transmissora, as do receptor são pequenas e simples. A oração é a mão da fé que gira a chave que aciona a pouca potência que você tem, depois do que a mão daesperança
procura a sintonia na freqüência na qual Deus está transmitindo. E, de repente, o sinal chega com grande poder e volume, transmitindo a mensagem em alto e bom som!
Se você se concentrar e esperar com fé e paciência, sem distração, receberá algumas
das mensagens mais poderosas, emocionantes e surpreendentes que o levarão à ação. As
vibrações que você recebe do Senhor são todas boas. Elas o renovam e lhe dão uma visão nova, inspiração fresca, restauram suas forças e lhe trazem descanso, paz e alegria! Você dançará ao seu ritmo, moverá segundo Seus sinais, avançará na direção que Ele indicar e saberá que está realizando a Sua vontade, o propósito para o qual foi criado. 
Read more

9 de abril de 2013

Amizade e comunicação

0 comentários






Amizade genuína e duradoura tem como alicerce a comunicação. Você sabe como é ter um bom amigo — vocês compartilham seus pensamentos, ele o entende, você o entende.
É assim que Jesus quer ser conosco. Ele quer nossa amizade íntima e não apenas um relacionamento à distância.
E para que esta amizade cresça, comunicação é essencial.
Levar nossos pensamentos ao Senhor em oração é uma parte desta comunicação; ouvi-Lo é a outra. Ele nos revela os Seus pensamentos através das Suas Palavras: da Palavra
escrita e das Palavras vivas que fala aos nossos corações quando O ouvimos ao orarmos.
As Palavras do Senhor são uma dádiva preciosa do Seu amor e uma prova especial da Sua amizade. Não são somente para nossa informação, mas são também um reservatórioinestimável de coragem, força, fé, esperança e vida. Se alguma vez estiversentindo-se deprimido ou confuso ou simplesmente esgotado, não há nada como parar uns minutinhos para ler alguns Salmos ou um capítulo dos Evangelhos, ou uma publica-ção cristã baseada nas Escrituras, para elevar o seu espírito!
Read more

5 de abril de 2013

MOMENTOS VAGOS

0 comentários



Muitas vezes, durante o dia, nossos pensamentos vagam por aí e, de modo geral, se relacionam a pessoas: amigos, familiares, colegas ou pessoas com quem tivemos
algum contato ou sobre quem ouvimos falar. Pode ser quando estamos presos no trânsito, lavando louça, dando uma caminhada ou enquanto esperamos para pegar no sono à noite. Quando tiver um desses momentos vagos e se lembrar de alguém, vá além e transforme
seus pensamentos em uma oração. Em vez de se perguntar como o seu sobrinho está indo na escola, ore para que ele tenha um bom desempenho e seja feliz. Não apenas se
pergunte se sua mãe está melhor da gripe, faça uma oração para ela sarar.
Pare de se preocupar com seu amigo que acabou de ser demitido e peça a Deus para ajudá-lo a não desanimar e a encontrar outro emprego.Se fizer um esforço consciente
para direcionar seus pensamentos a Deus e Lhe pedir ajuda, não apenas dará uma grande dádiva àqueles que lhe são próximos, mas provavelmente encontrará mais paz de espírito para si próprio. Quanto mais situações encomendar a Deus, menos preocupações terá. “Lançai sobre Ele toda a vossa ansiedade, porque Ele tem cuidado de vós.”
Read more

1 de abril de 2013

Uma questão de fé

0 comentários


Nem a Criação, nem o big bang ou a evolução, podem ser conclusivamente provadas por métodos científicos. Portanto, acreditar em uma ou em outra é uma questão de fé, a qual, para se sustentar e crescer, precisa cedo ou tarde, ser recompensada com alguma evidência, por menor que seja. E é aqui que os criacionistas, principalmente os cristãos, têm uma vantagem distinta. A fé dos proponentes das teorias ateístas é reforçada a cada descoberta que pareça sustentar a teoria da evolução, mas abalada quando a suposta evidência é provada cientificamente inconsistente. Os criacionistas, por outro lado, vêem sua fé ser renovada diariamente. Do sincronismo do cosmo às maravilhas da natureza e as complexidades da molécula do DNA, tudo aponta para a mão de um ser inteligente agindo nos bastidores do Universo.
E isso não é tudo. Aqueles que possuem uma conexão pessoal com o Arquiteto, por meio de Seu Filho, Jesus Cristo, podem vivenciar Sua amorosa presença nas suas vidas, pelas respostas que recebem às suas orações, assim como pela verdade e liberdade que Ele revela por meio da Sua Palavra sua fé é continuamente recompensada e fortalecida. Da mesma forma que relacionamentos humanos fundamentados no amor geram fé e confiança entre as pessoas, tudo que recebemos de Deus nos ajuda a confiar nEle e a crer na Sua Palavra. Porque reconhecemos como verdadeiras as outras coisas que Ele nos diz na Bíblia, podemos ver o relato da Criação no livro de Gênesis com os olhos da fé – não uma fé simplória e ingênua, mas a de um ser pensante e sensato que fundamenta sua decisão no caráter de um amigo íntimo e de confiança, autor do relato da Criação.
Read more

27 de março de 2013

RETIRE A ROLHA

0 comentários







O vinho — até mesmo o de
melhor qualidade — não podeser apreciado dentro da garrafa.
O mesmo vale para o amor.Portanto, saque a rolha, ou seja,
traduza o seu amor em palavras.As palavras mais importantes
que podemos aprender a dizersão: “Eu te amo.” Não presuma
que os outros saibam quevocê os ama. Diga-lhes como
são especiais, quanto precisadeles e como desfruta de sua
companhia. Explique de quemaneira eles lhe fazem feliz.
E faça isso com frequênciapara que nunca esqueçam.
Read more

15 de março de 2013

CORRENTES

0 comentários




“As correntes dos maus hábitos são fracas demais para serem
sentidas até que se tornam fortes demais para serem quebradas.” —
Esse provérbio só não é verdadeiro quando se conta com o poder
do Senhor. Muitas vezes, sozinho, você não consegue mudar de
comportamento, mas Deus pode mudá-lo pelo poder milagroso do
Seu Espírito. Ele realizará o que você é incapaz de realizar!
Nesse processo de transformação, você precisará também de
uma grande dose de força de vontade, mas com a força de Deus e
a Sua intervenção, terá mais forças, determinação e capacidade de
mudar do que jamais imaginou. Ele disse: “Tudo o que pedirdes em
oração, crendo, o recebereis (Mateus 21:22).”
É isso o que significa tornar-se uma nova criatura em Cristo Jesus
(2 Coríntios 5:17). Ao entrar na sua vida, Jesus não apenas renova,
purifica e regenera o seu espírito, mas também a sua mente. Ele
literalmente quebra as antigas conexões e reflexos e, gradualmente,
reconstrói e cria novos circuitos, formando todo um novo padrão de
pensamentos, que lhe oferece uma perspectiva diferente da vida e do
mundo, com novas reações para praticamente tudo ao seu redor.
Mas é impossível realizar essa transformação por conta própria.
Se quiser mudar, é necessário pedir a ajuda de Jesus. Algumas
mudanças são instantâneas, outras demoram um pouco. Mas se
pedir ajuda a Deus e fizer a sua parte, mudará, porque Jesus
transforma as pessoas!
By Karmitta
Read more

11 de março de 2013

0 comentários
 Faz tempo....andei cuidando da vida, viajando me perdendo em New York, com tanta coisa p ver e curtir....enfim, acho que voltei,tirando as teias de aranha por enqto, preciso renovar o Blog, mas voltando aos poucos. Abraço a todos.




Quem precisa ser salvo?
Muitos acham que se tentarem ser bons e não
cometerem um número excessivo de erros graves,
provavelmente receberão, ao morrer, uma nota
acima da média, serão aprovados no curso da vida
e irão para o Céu. Se a sua avaliação for abaixo da
média, serão reprovados e, bem...
Algumas pessoas consideram esse método de
avaliação justo, principalmente as que se acham
acima da média. Entretanto, de acordo com a Bíblia,
não é isso que Deus faz.
Nenhum de nós merece ir para o Céu. A Bíblia diz
que “Todos pecaram e destituídos estão da glória de
Deus” (Romanos 3:23). “Não há homem justo sobre
a terra, que faça o bem e nunca peque” (Eclesiastes
7:20). “Não há um justo, nem um sequer” (Romanos
3:10). Quem pensa que é bom o bastante para ir para
o Céu por conta própria se engana e corre o risco de
se privar da maior dádiva de Deus. “Se dissermos
que não temos pecado nenhum, enganamo-nos a nós
mesmos, e não há verdade em nós” (1 João 1:8).
Ninguém consegue ser bom o bastante. Não há
como merecer a salvação ou conquistar pelo esforço
uma vaga no Céu. “Pois é pela graça que sois
salvos, por meio da fé — e isto não vem de vós, é
dom de Deus — não das obras, para que ninguém
se glorie.” (Efésios 2:8–9). “Não por obras de justiça
que houvéssemos feito, mas segundo a Sua misericórdia,
Ele nos salvou” (Tito 3:5).
Quem precisa ser salvo? Todos!
E o que vai me custar?
Você provavelmente está pensando:
“Nada é de graça. Com certeza vou ter
de abrir mão de algo, trabalhar duro
ou fazer algo para merecer a salvação.”
Não, nada disso é verdade. E aí reside
a beleza da salvação! É um dom, uma
dádiva, um presente de Deus” (Efésios
2:8). Você por acaso já teve de fazer
por merecer ou pagar um presente
que alguém lhe tenha dado? Presente
é presente. Se não for de graça, não é
um presente.
A salvação não é uma recompensa
pelas suas boas obras. As boas ações
não podem levá-lo para o Céu, assim
como, depois de ter pedido e recebido
o perdão de Deus através do sacrifício
feito por Jesus, os seus erros não o
condenarão ao Inferno. Você é salvo
puramente pela fé em Jesus. Basta
aceitar o fato de que não poderia pagar
pela sua entrada no Céu e, humildemente,
aceitar a dádiva de Deus. É
simples assim.
respostas
a algumas das perguntas
mais freqüentes sobre a
salvação

Read more

25 de janeiro de 2012

Aprenda a amar

2 comentários






Acredite ou não, antigamente, na construção de pontes, os
construtores primeiro empinavam uma pipa e a mandavam para
o outro lado do rio ou desfiladeiro sobre o qual a ponte se estenderia.
Alguém do outro lado pegava a pipa e amarrava uma linha
mais grossa na ponta da linha e quem quer que tivesse mandado
a pipa puxava a linha mais grossa de volta. O processo se repetia
várias vezes, usando fios, cordas e cabos, progressivamente mais
grossos e fortes. Por fim passavam cabos resistentes o suficiente
para transportar os trabalhadores, suas ferramentas e os materiais
de construção. E tudo começou com uma fina linha de pipa!
É assim que os hábitos, bons e maus, são formados. Adicione
uma linha a cada dia e logo não poderá mais quebrá-la. Comece
a desenvolver bons hábitos dando o primeiro passo, ainda que
pequeno, na direção certa. Depois continue, até criar uma rotina
que seja difícil quebrar.Amar é simples assim, faça cabos resistentes
todos os dias, entre pessoas difíceis , e logo estará amando!

Read more

13 de dezembro de 2011

Amor em ação

0 comentários





Amor em ação
O mundo não apenas precisa ouvir
a verdade hoje, mas também nunca
houve tanta necessidade de as pessoas
a verem. Elas precisam, além de ouvir
sobre o amor verdadeiro, observá-lo
traduzido em ação!
Às vezes as pessoas confundem
o que dizemos, mas não há malentendido quando vêem as palavras
colocadas em prática, como o poema
de Edgar A. Guest: “Prefiro ver um
sermão a ouvir um bem pregadinho.
Prefiro que caminhes comigo um quilômetro a que apenas me apontes o
caminho”. Para a maioria das pessoas
aceitar a verdade, não basta escutar
um sermão, elas precisam também
testemunhar o exemplo.
Jesus disse: “Nisto todos conhecerão que sois Meus discípulos, se vos
amardes uns aos outros” (João 13:35).
Por que acha que o Senhor disse isso?
Não bastaria simplesmente falar às
pessoas sobre o amor de Jesus? Será
que Ele não poderia ter dito: “Nisto
todos conhecerão que sois Meus discí-
pulos, se pregardes a Minha mensagem”, ou seja, não bastaria divulgar
Sua mensagem?
Evidentemente não, porque o
Senhor disse que todos identificariam os Seus filhos se tivessem
amor uns pelos outros. E se esse
amor pelos outros existe, ocorrerão
demonstrações genuínas e tangíveis
no dia-a-dia, de maneira óbvia para
os outros.
Não basta falar de amor. Jesus disse
que é necessário ter amor e viver o
amor. 
Read more

4 de novembro de 2011

Um brinde a sua saúde

0 comentários






Há um ditado sobre a saúde, que ensina: "Você é o que você come".Refere-se ao corpo, mas serve também a sua mente e para seu espírito. Espiritualmente nós somos produto do imput que nossa mente recebe. Se a enchermos e nosso coração com sabedoria do mundo e a insensatez do homem, nosso espírito vai ser afetado. É o mesmo que chafurdarmos pelo lixo e pelo esgoto. Ficaremos contaminados. Por isso certifique-se de receber alimento certo, a boa , saudável e nutritiva verdade da Palavra de Deus, que fortificará e edificará sua fé, bem como lhe dará coragem e inspiração. Se ainda não conhece Aquele que tem poder de mudar qualquer vida, perdoar qualquer erro, curar qualquer mágoa, e felicidade no meio do caos... Faça esta oração: Querido Jesus, abro minha vida e meu coração a você agora, perdoa tudo que fiz de errado, concede-me um novo começo, revela-me seu amor e você. Obrigada

Read more

25 de agosto de 2011

PONTES E NÃO MUROS

2 comentários















Dizem que as pessoas são solitárias porque constroem muros em vez de pontes. Que grande verdade! Em geral, as pessoas têm a tendência de ser um pouco egoístas. É da natureza humana “defender o seu”, dar prioridade às próprias necessidades e desejos. É fácil ficar emaranhado na sua própria vida e questões pessoais, mas isso cria um problema maior, pois quem age assim se isola de muitas coisas e pessoas maravilhosas.

Construir pontes ao estender a mão e se conectar aos outros pode lhe trazer alguns problemas e complicações adicionais, mas vale a pena, porque também gera amizade, calor humano, amor e outras bênçãos. É uma questão de dar e receber, o que exige algum esforço, paciência e perseverança. A ponte não se constrói sozinha e, no início, as pessoas podem não ficar muito entusiasmadas com sua aproximação. Mas se todos se limitassem a uma mentalidade egoísta e só construíssem muros, o mundo seria um lugar terrivelmente solitário.

A construção de uma ponte assim começa com uma oração pedindo amor, entendimento e ajuda para mudar em certos aspectos, conforme a necessidade. Você arma a estrutura quando começa a pensar em termos do que os outros querem e precisam. Cada vez que você se doa àquela pessoa distante, a ponte avança um pouco mais. Talvez precise de um pouco de coragem na primeira vez que passar pela ponte, se não tiver certeza que ela vai agüentar ou como você vai ser recebido do outro lado, mas não vai se arrepender. Deus abençoa cada ato de generosidade e honra cada passo dado na direção de outra pessoa

Read more

13 de agosto de 2011

EDITANDO A VIDA

0 comentários




Depois de combater e
derrotar os demônios da
falta de autoconfiança e
do medo de falhar, lancei -me às águas profundas: com
papel e caneta em mãos,
escrevi meu primeiro texto
motivador.
Recostei e o reli várias vezes
e, satisfeito com minha modesta
realização, enviei o texto para uma
revista mensal, esperançoso que
fosse publicado.
Passado algum tempo, o
editor me contatou dizendo que
gostaria de imprimir meu artigo.
Junto com a proposta, enviou
uma versão editada, ainda não
final,para que eu aprovasse ou
revisasse o novo texto. Editada!
Ver “minha” obra mexida dessa
forma gerou sentimentos diversos. Julgara-me no amanhecer de
uma carreira literária promissora,
mas essa ideia desvaneceu como
uma miragem logo antes de uma
tempestade de areia.
Depois que me recuperei do
choque inicial, tentei fazer uma
análise mais objetiva da situação.
Inegavelmente, a nova versão
era, na verdade, melhor do que a
original. A ideia fora preservada,
as alegorias estavam intactas, o
tom permanecera o mesmo. Mas
algumas partes supérfluas tinham
sido cortadas do texto para a
mensagem ser mais objetiva.
Enquanto refletia nessas
coisas, minha atenção foi atraída
à foto de um anel de diamante
em uma revista que estava aberta
sobre a minha mesa. Pensei
como alguém havia extraído de
uma mina um pedaço de rocha
com aquele diamante, e que
mãos habilidosas o haviam lapidado e transformado o produto
bruto em um belo, valioso e
muito desejado objeto. Como o
diamante encrustado na pedra,
o texto tal qual o criara não era
o produto final. Sim, ali havia
um diamante, mas precisou ser
extraído, lapidado e polido por
alguém com talento.
Assim também é a vida. Somos
criados como rascunhos que
carecem de edição. Deus, como o
editor que identifica uma boa ideia
latente nos rascunhos que passam
por sua mesa, vê em cada um de
nós o brilho promissor. E assim
se empenha para, passo a passo,
nos levar à condição de um artigo
revisado que valha a pena ser lido.
O que somos ganha diferentes
formas por conta das nossas muitas
e constantes escolhas e decisões,
as provações da vida eliminam as
partes supérfluas mais superficiais
e somos aperfeiçoados e polidos
pela nossa interação diária com os
demais.
E a exemplo do que aconteceu
com meu texto mal escrito, minha
vida é hoje, nas mãos do Grande
Editor, mais e melhor do que era
no início, e Ele ainda não terminou a revisão.



Read more

8 de agosto de 2011

TEMPO DO FIM

1 comentários














Entendendo o tempo do fim

Joseph Candel

Pouco antes de morrer, em 1948, George Orwell escreveu seu último livro, o clássico 1984, no qual ele retrata um futuro sombrio que aguarda o mundo, que seria então dividido entre três grandes governos totalitários. No livro, o que controla o que antes se conhecia por Europa Ocidental, Inglaterra e Estados Unidos tem o nome de Oceania e é chefiado pelo Grande Irmão ou Big Brother. Em Oceania, o Estado é essencial e deve ser servido com lealdade absoluta. Para atingir esse objetivo, os cidadãos são roubados de toda privacidade, de modo que não havia liberdade.
A imprensa, os livros, o teatro, o cinema, toda forma de expressão é censurada. A história foi reescrita para atender às necessidades da ideologia vigente. A “polícia do pensamento” monitora os padrões de comportamento para detectar atitudes possivelmente indesejáveis. Dispositivos de escuta perscrutam até as conversas mais íntimas.
Talvez o meio de controle mais eficaz seja a televisão bi-direcional (receptora e transmissora) capaz de “ver” o que acontece em cada escritório, em cada fábrica e em todos os lares. O indivíduo nunca está livre da vigilância das forças de segurança da Oceania.
Por mais profético que 1984 tenha sido, George Orwell jamais imaginaria quão avançada a tecnologia de monitoração se tornaria. A realidade científica superou a ficção relatada em sua obra. Se o pobre Orwell aparecesse no mundo hoje, provavelmente morreria de susto. Tudo aquilo que imaginou como ficção científica hoje é realidade. Uma realidade que veio para ficar.
Na verdade, um dos sinais dos tempos mais alarmante é justamente as pessoas não se alarmarem com o fato de todos os seus movimentos poderem ser monitorados e gravados. Cada mensagem eletrônica não criptografada já pode ser lida por terceiros. Agências de monitoração, utilizando satélites geostacionários, dentre outros recursos, podem grampear cada ligação que fazemos. Toda compra que realizamos com um cartão de débito automático ou de crédito fica registrada em bancos de dados com o nosso nome, que está ligado ao nosso endereço. Essas redes de bancos de dado sabem exatamente onde estamos e, de certa forma, o que estamos fazendo. Pela análise de nossos padrões de consumo, é possível determinar nossas preferência e hábitos.
Os implantes de chips de computadores estão sendo utilizados para acompanhar os movimentos de crianças, presidiários, animais de estimação, pacientes com mal de Alzheimer, etc. As câmeras de monitoração, abundantes nas nossas ruas e que vigiam lojas, estacionamentos e residências particulares, estão começando a fazer parte do cotidiano em todo o mundo. Quando navegamos pela Internet, cada clique no mouse pode ser monitorado. O Big Brother chegou.
E além de ter chegado, o Big Brother já está apertando o cerco no mundo. Nos cinco continentes e inclusive em lugares mais remotos, já está sendo instalada a infraestrutura para um governo mundial único que fica de olho em cada pessoa “para o seu bem e para o bem da sociedade”. Os meios de monitoração atuais estão preparando o caminho para a sociedade mais monitorizada que se pode imaginar.
É tudo uma questão de controle. A Bíblia prediz que um governo mundial único está para ser instaurado e que será liderado por um ditador possuído pelo Diabo, conhecido como o Anticristo, ou a Besta (Daniel 11:21, 23-24; 8:23-25; Apocalipse 13:7). Para governar o mundo, o Anticristo precisa primeiro controlar as pessoas e a única forma de conseguir isso é sabendo o que estão fazendo!
Por mais incríveis que sejam esses avanços tecnológicos e por mais preocupadas que fiquem as pessoas que já leram sobre o Big Brother, não deveríamos ficar surpresos, pois a Bíblia predisse a vinda desse sistema há mais de dois mil anos.
E o principal assessor do Anticristo, chamado na Bíblia de “o falso profeta”, que engana o mundo, “fez que a todos, pequenos, e grandes, ricos e pobres, livres e escravos, lhes fosse posto um sinal [marca] na mão direita, ou na testa, para que ninguém pudesse comprar ou vender, senão aquele que tivesse o sinal [marca], ou o nome da besta, ou o número do seu nome... O seu número é seiscentos e sessenta e seis.” (Apocalipse 13:16-18).

Sob o sistema 666, ninguém na Terra poderá comprar nem vender seja o que for, a menos que tenha a marca na testa ou na mão direita. A tecnologia rapidamente avança e está chegando ao estágio de permitir o controle por meio do sistema de crédito da Marca da Besta (666).
Outras mudanças também estão acontecendo no mundo que propiciarão a ascensão do Anticristo ao poder. Jesus disse que durante o período que compreende a instauração do regime do Anticristo e os sete anos da sua ditadura, “por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará” (Mateus 24:12). A Bíblia também adverte que nesses dias “Os homens maus e enganadores irão de mal a pior” (2 Timóteo 3:13). Quem “salvará” o mundo do colapso econômico, das guerras infernais, do terrorismo, etc.? — O Anticristo, é claro!
Com toda essa tecnologia nas mãos de pessoas cada vez mais ímpias, o mundo caminha direto para as garras do Anticristo e do seu governo mundial autoritário que promete “tecnologia e segurança para todos.” Só que o pacote inclui vigilância, controle e opressão pela força bruta contra aqueles que se recusarem a adorá-lo como se fosse Deus (Apocalipse 13:5-7,14-18; 2 Tessalonicenses 2:3-4).
O futuro imediato não é muito promissor, mas estar prevenido é estar preparado e pronto para resistir ao Anticristo e à sua marca. Além disso, não esqueçamos do futuro maravilhoso também não distante que tem início com a volta de Jesus (Mateus 24:29-31). Então, desfrutaremos o amanhecer de um mundo novo e maravilhoso, no qual o leão se deitará com o cordeiro e a Terra se encherá com o conhecimento do Senhor, como as águas cobrem os mares (Isaías 11:6-9).
Tudo está se encaixando para ser instaurada a Nova Ordem Mundial, e está acontecendo bem rápido.Prepare-se!


Read more

1 de agosto de 2011

UMA IMAGEM DE AMOR

0 comentários





NA ÉPOCA DE JESUS, OS
LEPROSOS ERAM EXCLUÍDOS
DA SOCIEDADE, e o mesmo
tratamento era dispensado aos
outros doentes ou deficientes,
por causa dos mesmos temores
e preconceitos. Mas qual foi a
reação de Jesus? Ele era cheio
de compaixão, cura e aceitação
— não condenação, medo ou
rejeição. “Todos os que tinham
enfermos de várias moléstias,
Lhos traziam, e, pondo as mãos
sobre cada um deles, Ele os
curava” (Lucas 4:40). Jesus nos
deu um exemplo a seguir.
As pessoas com HIV ou AIDS
muitas vezes têm sentimentos
intensos de ira, depressão,
solidão, angústia, discriminação
e medo de não serem amadas
ou de serem abandonadas.
Têm necessidade de amor,
esperança e da paz de Deus,
e, como a pessoa na seguinte
história, precisam de amigos.

Um homem visitou uma amiga
que estava morrendo com AIDS.
Ele lhe ofereceu consolo, mas
parecia em vão.
— Estou perdida, disse.
Arruinei minha vida e a de todos
ao meu redor. Vou direto para o
Inferno. Não há esperança para
mim.
— Quem é aquela? — perguntou o homem apontando para
uma foto de uma linda menina,
em um porta-retrato na penteadeira.
A mulher pareceu se encher
de luz.
— É minha filha, a única coisa
bonita que tenho na vida.
— Você a ajudaria se ela estivesse em apuros? Você a amaria,
sob quaisquer circunstâncias?
— Claro que sim! — foi a
resposta. Isso é pergunta que se
faça?
— É, porque quero que você
entenda que Deus tem uma foto
sua na Sua penteadeira.
Texto de Raquel Scott - conselheira de pacientes com aids na Africa
Read more

25 de julho de 2011

APEGO

0 comentários





JESUS ENSINOU: “Tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-o vós também a eles.”1 Existem muitas maneiras de exercitar esse ensinamento, conhecido como Preceito Áureo. Uma delas é reconhecer as virtudes e o valor das pessoas. Pense por um momento na sua família, seus amigos, colegas e conhecidos. Não é maravilhoso quando um deles diz ou faz algo que faz com que você se sinta valorizado? Todos ganham com isso e este é um exercício para fortalecer sua habilidade de demonstrar seu apreço pelos demais.
Quando você demonstra apreço por alguém, não apenas essa pessoa é beneficiada, mas a sua perspectiva também melhorará, pois o ajudará a ver aqueles ao seu redor mais positivamente. Parece ser próprio da natureza humana notar com mais facilidade as coisas ruins que as boas e, de um modo geral, são as coisas relativamente de menor importância que atrapalham nossos relacionamentos, tais como as manias que nos irritam. Ao fazer um esforço consciente para buscar motivos para valorizar as pessoas, concentrar-se nos aspectos bons superará a natureza humana e o tornará uma pessoa mais positiva. O apreço é contagioso. Pode não se espalhar da noite para o dia, mas, com o tempo, costuma produzir uma mudança notável em qualquer lar, ambiente de trabalho ou círculo de amigos.
Read more

14 de julho de 2011

PÃO NOSSO

0 comentários

O pão usado para a Comunhão representa o corpo de Jesus. É um símbolo da nossa Salvação física. O Seu corpo foi partido por nós de várias maneiras: pela coroa de espinhos, os açoites, as chicotadas, os ferimentos que Ele recebeu, a dor que Ele sofreu. Ele não tinha que sofrer tudo aquilo pelos nossos pecados, Ele só tinha que derramar o Seu sangue e morrer pelos nossos pecados. Mas o Seu corpo sofreu para que, através disso Ele pudesse também expiar as nossas doenças: "Pelas Suas pisaduras somos sarados!" (Isa.53:5) Foi necessário o corpo d'Ele para salvar o nosso corpo. O melhor remédio do mundo é o corpo de Jesus Cristo, o qual foi partido para a nossa cura. Quando você partilha do pão, isso mostra que você tem fé de que o corpo d'Ele foi partido para sua cura, por isso clame-a por fé quando partilhar dele. Se nós o comemos por fé, somos curados por fé. Isso faz parte de Sua expiação para a Salvação completa do homem: corpo, alma e espírito. Obrigado, Senhor, por este pão que representa o Seu corpo partido por nós e pela nossa saúde física. Assim como o Seu corpo foi partido para que fôssemos curados, Senhor, dê-nos fé para comermos o pão tendo consciência disso, em nome de Jesus, amém
Read more

24 de junho de 2011

ONDE ESTIVER O CADÁVER, SE AJUNTARÃO OS ABUTRES

1 comentários

DETALHES SOBRE A FOTO:
"Já fazem alguns anos que Kevin Carter tirou a fotografia que o levaria a ganhar o prêmio Pulitzer de fotojornalismo, quando o objetivo de sua câmara tropeçou, no Sudão, com uma menina reclinada sobre seus largos ossos, sozinha e nua, a ponto de colapso.
Quando Carter recebeu o prêmio, amaldiçoou a hora em que tinha feito aquela foto. Meses depois, ele se suicidava. Nunca conseguiu deixar de vê-la.
Dos protagonisatas daquela história, somente um permaneceu vivo: o abutre."




“Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos. Eis que eu vo-lo tenho predito. Portanto, se vos disserem: Eis que ele está no deserto, não saiais. Eis que ele está no interior da casa; não acrediteis. Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até ao ocidente, assim será também a vinda do Filho do homem. Pois onde estiver o cadáver, aí se ajuntarão as águias.” (Mateus 24:24-28)

Águia (αετός [grego], נשר [hebraico]) é o nome comum dado a algumas aves de rapina da família Accipitridae, geralmente de grande porte, carnívoras, de grande acuidade visual. Por vezes, dentro de um mesmo gênero ocorrem espécies conhecidas popularmente por gavião ou búteo.

As aves de rapina - ou rapinantes - são aves carnívoras que compartilham características semelhantes:
bicos recurvados e pontiagudos, garras fortes e visão de longo alcance. Assim as rapinantes são aves ágeis na captura de seus alimentos: grandes artrópodes, peixes, anfíbios, pequenos mamíferos e pequenas aves. Mas cada rapinante está adaptada para caçar um tipo de animal, ou certo grupo deles. Por exemplo: Abutres, urubus e corvos são aves necrófagas (não caçam, mas alimentam-se de carcaças de animais já mortos), enquanto as águias são aves raptoras, ou seja, capturam suas presas e as levam ainda vivas para o ninho, onde são finalmente devoradas.

Por essa mesma razão, esse trecho do Evangelho segundo Mateus me causa forte impressão, especialmente a parte que relaciona águias a um cadáver. Em condições normais, nunca veríamos águias em torno de um cadáver. Essa é uma atitude típica de aves necrófagas, como o próprio nome diz, comedoras de cadáveres (do grego νεκρός, nekrós = “cadáver”; τρώγων trógon = “devorador de”) como os corvos (no grego κοράκι, koráki), urubus e abutres (do grego όρνιο, órvio).

Duas características das águias tornam essa situação ainda mais estranha: a primeira é que águias (αετός) são seres solitários, não caçam em grupo; a segunda é que águias caçam animais vivos, a ponto de ser grande a probabilidade de sua caça chegar ainda viva ao seu ninho, onde então é devorada pela águia adulta e seus filhotes. Ou seja: enquanto corvos e abutres são responsáveis por limpar a natureza das carcaças de animais mortos, livrando o meio ambiente da conseqüente contaminação, as águias capturam animais vivos para sua alimentação. Portanto, a visão de águias se reunindo em torno de um cadáver é algo terrível, porque é prenúncio de situações terríveis.

A primeira situação terrível é ausência absoluta de alimento vivo – peixes, roedores e aves - uma águia se sujeitaria a disputar pedaços de um cadáver. Transferindo esta visão ao aspecto simbólico espiritual da águia - a alma humana – seria algo terrível como a alma humana mergulhada em trevas, sem acesso ao alimento vivo da Palavra de DEUS e se alimentando de doutrinas mortas, contaminadas, em decomposição, ídolos inócuos e rituais fantasiosos.


A segunda situação terrível é a carência generalizada de alimento saudável. A imagem de várias águias disputando um cadáver retrata uma situação de carência total de alimento saudável, a ponto das águias se reunirem em torno de um cadáver. Não se trata de uma situação individual. Não se trata de apenas uma águia sem caça no seu território, mas de várias águias que não dispõem do alimento que a Natureza normalmente lhe fornece. Águias são predadores que enxergam muito longe e na situação retratada em Mateus, a visão das águias não encontra seu alimento mesmo ao longe. Outro importante aspecto é que as águias tem seu território bem definido. Não é comum uma águia invadir o território de outra águia, a menos que haja carência de caça no seu próprio território. Transpondo esta visão para o âmbito espiritual, onde a águia representa a alma humana, podemos imaginar uma multidão de almas famintas da Palavra de DEUS, sem no entanto ter acesso a ela. Essas almas se agrupam em torno dos falsos ensinos e se contaminam com eles, servindo a falsos deuses, falsos profetas e falsos messias, mergulhadas nas trevas da ignorância e da apostasia. Essas almas adoecem com a continuidade desse espetáculo tenebroso e a conseqüência é a morte.

A terceira situação terrível é a mudança no comportamento natural. Mateus descreve águias, no plural. São várias águias em torno de um único cadáver, disputando seus restos, como se fossem abutres. Este é o comportamento extremo oposto ao natural das águias, caçadoras solitárias, de vida reservada, seletivas quanto ao alimento que capturam vivo, para si e sua prole. A situação descrita por Mateus aborda a total inversão desse comportamento, com a adoção de atitudes típicas de animais que são comumente associados às abominações e à repugnância – abutres e corvos. As almas humanas, espiritualmente representadas por essas águias, comportam-se de maneira totalmente inversa ao que seria o seu projeto original, tornam-se abominações espirituais, afastadas da vontade de DEUS, caminhando com suas próprias asas para a sua extinção.

Mateus descreve um tempo próximo à segunda e definitiva vinda do Filho de DEUS. Um tempo em que falsos profetas e falsos messias arrastarão multidões para seus falsos ensinos e falsas doutrinas por meio de feitos maravilhosos e enganosos. É o próprio Jesus Cristo quem descreve esta situação drástica e abominável, onde águias – almas humanas - abandonam seu comportamento natural e se atiram à promiscuidade e contaminação devido à ação desses falsos profetas e falsos messias.

Havemos de cuidar da doutrina que abraçamos para a nossa salvação.Do alimento espiritual que ingerimos, a fim de não nos contaminarmos. Do alimento espiritual que ministramos aos nossos filhos naturais e espirituais, a fim de que não se maravilhem com os feitos extraordinários dos falsos profetas e falsos messias e com isso se desviem. Havemos de cuidar que não sejamos desviados nesses últimos dias. Assim seja, em nome de Jesus.
Texto de Robson Lelles
Read more

13 de junho de 2011

VI,OUVI,DESCI....

13 comentários




Todas as nossas oraçõezinhas servem e são boas e o Senhor as ouve e sabe que são sinceras e responde de acordo. Mas deveria haver ocasiões em que não estamos satisfeitos com o andamento normal das coisas, quando realmente ficamos desesperados com o Senhor em oração e O buscamos para uma mudança necessária, abrindo completamente o coração com o Senhor!
Jesus nunca falha, e Ele sempre responde quando nós fazemos um esforço para clamar a Ele de todo o coração. Ele diz: "Buscar-Me-eis e Me achareis quando Me buscardes de todo o vosso coração" (Jer.29:13). E "de todo o coração" significa entrar no Espírito, orar e clamar ao Senhor com forte choro e lágrimas!
Oração fervorosa faz muito bem à sua própria alma e faz bem ao seu espírito. Faz bem à sua condição espiritual, saber que você realmente abriu completamente o seu coração com o Senhor, de toda a sua alma, de todo o seu coração, com todas as suas forças!
Quando é que você ora de verdade? Quando é que você realmente entra no Espírito? Quando foi a última vez em que você realmente abriu o seu coração completamente com o Senhor em oração, com forte pranto? Você deveria fazer isso!
Read more

8 de junho de 2011

APENAS UM RECADO...

0 comentários





O valor das coisas não está no tempo em que elas duram,
mas na intensidade com que acontecem.
Por isso existem momentos inesquecíveis,
coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis".

Não tente reter o tempo...apenas desfrute
Caiu? levanta
Perdeu? tenta de novo
Chorou? Chorar acalma a tormenta
Read more

31 de maio de 2011

AQUELE QUE ME AQUECE

0 comentários





Deus criou o Sol, a Lua, as estrelas, a Terra e os planetas a fim de ilustrar as Suas verdades espirituais, para que nós pudéssemos entender melhor o nosso relacionamento com Ele e como Ele é necessário no nosso sistema solar espiritual.
A vida em si não seria possível sem o Sol! Sem a luz do Sol, nós estaríamos em escuridão total, exceto pela luz das estrelas, assim como sem o Senhor nós estaríamos em escuridão espiritual quase total. Sem o calor dos raios do Sol nós também morreríamos congelados, da mesma maneira que sem o Senhor nós morreríamos de frio espiritualmente! Sem os raios do Sol, não existiria a fotossíntese, que faz com que as plantas que nos servem de alimento cresçam; de maneira que nós morreríamos de fome espiritual sem o Senhor para nos alimentar espiritualmente. Sem a atração da gravidade do Sol, a Terra, em vez de ficar na sua órbita tão bem planejada, se perderia no espaço. De maneira que, sem a orientação de Deus, sem a Sua atração gravitacional sobre nós no espírito, nós também certamente sairíamos da bem planejada órbita da Sua vontade e nos perderíamos na escuridão do espaço espiritual!
Se o sol tem tanto poder assim, imagine quanto poder tem Deus, o nosso Sol espiritual, e quanto nós precisamos d'Ele!
Read more

23 de maio de 2011

DUAS FACETAS

0 comentários



Deus dá a cada pessoa duas facetas, e muito do que você faz com o que tem depende de você. Você ou pode ser forte e santo, ou fraco e perverso, e Ele lhe dá a escolha e a honra de decidir o caminho que quer seguir: subir contra a correnteza, ainda que mais difícil, ou deixar-se levar por ela. É você que decide, mas depois de ter feito a escolha certa de ser forte, bom e seguir a Deus, então o Senhor pode intervir, e ajudá-lo a ser assim! E juntos podem vencer o meio ambiente, a sua hereditariedade e esse lado fraco e perverso da sua natureza, se você tiver fé, garra, determinação e auto-disciplina para tomar uma atitude. (Fil.4:13)
Ele pode dominar tudo isso e fazer de você uma nova criatura em Cristo Jesus, em que as coisas velhas já passaram e tudo se fez novo! (2Cor.5:17)
Read more

7 de maio de 2011

SOPA DE CEBOLAS

1 comentários





Muitas vezes, eu tinha vontade de chorar, por um amor desfeito, por uma traição de amiga,por não conseguir o que planejava, por perder alguém querido...enfim por mil motivos. Mas é engraçado, a forma como camuflamos nossos sentimentos e emoções para que outros não vejam nossas fraquezas. Fraquezas? ou sentimentos verdadeiros? Enfim não gostamos que os outros ou nossos próximos , perguntem por que? o que foi? tá bem? ta doente? o que te fizeram etc...As vezes só queremos chorar e pronto!
Aí aprendi uma lição, com minha tia...Parece que ela adivinhava quando me sentia assim, e então me convidava para fazer sua deliciosa sopa de cebola, Descobri que a sopa de cebola era exatamente o que eu precisava quando eu lutava para reter as lágrimas, simplesmente deixo as lágrimas correr livremente e digo: Não repare, estou descascando cebolas para sopa...
Ah! o verdadeiro segredo da sopa de cebola, é entregar seus temores e lágrimas para Jesus!
Read more

25 de abril de 2011

OVELHAS PRECISAM SER CUIDADAS...

0 comentários




Jesus encontrou e amou as ovelhinhas perdidas, as pessoas famintas, pecadoras que sabiam que precisavam de ajuda e estavam agradecidas por ela! Não os autojustos que "não precisavam de médico"! (Mat.9:12) Não há muita esperança para os que estão satisfeitos com a sua vida como ela é!
A pessoa mais difícil no mundo de se ganhar para o Senhor, é o homem íntegro que pensa que já é suficientemente bom e que não precisa de Deus. Às vezes as pessoas mais culpadas do mundo são as mais totalmente enganadas, e que na realidade pensam que são inocentes! Elas estão "contentes por não serem como o pecador", quando na realidade são piores! (Luc.18:11)
Mas há pessoas que querem muito conhecer as Boas Novas, que querem ouvir e têm um coração faminto e quando lhes damos a Verdade elas a recebem, acreditam nela, aceitam-na e seguem Jesus! Se estiverem dispostos a admitir e a simplesmente confessar que precisam de ajuda, Deus terá oportunidade de fazer os milagres que eles precisam! Para aqueles que estão buscando, famintos, infelizes e ansiosos pelo espiritual, Ele tem uma promessa: "Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos!" (Mat.5:6)
Read more

13 de abril de 2011

IGUAL AS VEZES É DIFERENTE

0 comentários






Compararmo-nos com os outros é algo que todos fazemos, de uma forma ou de outra. Queremos ser melhores, mais fortes, mais bonitos e mais dotados. É parte da natureza humana comparar-se, ser competitivo e, para alguns, é um hábito com raízes profundas.

Comparar-se não é sempre algo ruim. Às vezes, é necessário observar e analisar situações ou outras pessoas para aprender ou obter insight, e é algo positivo, se nos ajuda a contar nossas bênçãos e formar uma mentalidade positiva. Mas se relacionar nossas experiências, problemas ou bênçãos com as de outrem nos deixa negativos, críticos, insatisfeitos ou presunçosos, então é algo muito ruim!

As pessoas se comparam por diferentes motivos e em diferentes graus. Alguns têm apenas uma “área problemática” com a qual têm de lidar, tal como algo que não gostam neles mesmos. Mas existem os comparadores crônicos que constantemente se vêem envolvidos pelo sentimento de que os outros são mais talentosos, mais bonitos, mais privilegiados ou têm algo que eles querem, mas não têm. Qualquer que seja o caso, Jesus é capaz de nos ajudar a superar essa mentalidade negativa que pode roubar nossa alegria de viver.

É importante entender que o Senhor lida de forma diferente com cada um de nós e, às vezes, o que é bom para uma pessoa, não o é para outra. É por isso que não podemos comparar as situações e nos perguntar por que algumas pessoas parecem ser mais favorecidas que outras. O Senhor é imparcial, justo e, acima de tudo, amoroso. Ele sabe o que é melhor para você e é o que quer lhe dar.
Read more

3 de abril de 2011

Simples assim...

0 comentários





Não nos preocuparíamos tanto nem ficaríamos tão desesperados se passássemos mais tempo com o Senhor olhando para o alto, através daquela linda cúpula estrelada, respirando aquele ar celestial e ouvindo aquela bela música. Encontraríamos paz e descanso para as nossas almas. Seríamos refrescados e totalmente renovados. Teríamos nova visão, inspiração, força, descanso, paz e alegria.

Você já esteve lá? Já passou tempo em quietude diante do Senhor no templo do Seu Espírito? Esteve lá para respirar aquele ar fresco celestial? Se não, perdeu algo! Ficará extremamente cansado, chateado, com temor, dúvidas, desencorajado, preocupado e apressado. Ficará fora de sintonia com o Senhor, força, sabedoria, amor e paciência -tudo, porque não foi ao templo para ser refrescado e renovado pelo Espírito de Deus.

Você está ocupado demais? Está muito apressado? O seu trabalho é importante demais para que pare por uns minutos de inspiração e refrigério que vem do alto, renovação do espírito e descanso físico, ou seja, um pequeno momento de amor com o Senhor? Você não vai conseguir vencer se não parar um pouco e ficar sob a cúpula. Se não entrar lá e absorver um pouco da Sua luz, não poderá refleti-la aos outros.

Tudo que tem de fazer é ficar a sós com o Senhor, olhar para cima, para todas as Suas belezas, respirar Seu ar celestial, ver o que Ele tem a lhe mostrar e ouvir a Sua música celestial.

Não é necessário uma hora predefinida. Pode olhar para cima, através da redoma a qualquer hora do dia, de qualquer lugar, não importa o que esteja fazendo. Só pare e passe alguns momentos de quietude com o Senhor. A qualquer hora, em qualquer lugar, pode sair rapidamente das alas e entrar no templo em espírito (João 4:24). Olhe e viva! Olhe para cima! Faça do seu coração um templo. Veja o que Deus pode fazer no maravilhoso plano espiritual.

É difícil no meio de outras vozes e da pressão das atividades do dia-a-dia. Talvez essas coisas sejam necessárias, mas você tem que continuar voltando à rotunda no espírito para se recarregar. Sem Deus não vai conseguir seguir em frente. Sem o Seu poder você nunca conseguirá êxito. Talvez funcione por um tempo, mas a menos que se reconecte à fonte, começará a ficar cada vez mais lento, até parar completamente, sem carga nenhuma!
Read more

22 de março de 2011

Oh Dó!

0 comentários







1 Coríntios 13 - linguagem de hoje
Adaptado de Maria Fontaine por Josie Clark
Se eu falar cinco idiomas e conversar inteligentemente sobre dezenas de assuntos, mas não tiver amor suficiente para evitar fofocar ou menosprezar os outros, então não só me tornei um monte de barulho inútil, mas também uma influência destrutiva.
E mesmo que eu leia a Bíblia regularmente, saiba partes dela de cor, ore diariamente, tenha muita fé e outros dons espirituais, se não tiver suficiente amor para, às vezes, abrir mão de alguns de meus desejos pessoais por amor a outros, então toda a minha “espiritualidade” não significa nada.
E mesmo que eu tenha dois empregos para prover para minha família, que faça filantropia e seja voluntário em todo projeto comunitário que surgir, se eu não demonstrar amor e bondade àqueles com quem vivo e trabalho, todo meu trabalho árduo e minha abnegação não valem nada.
O amor tem um dia comprido, difícil e frustrante no escritório, no entanto não fica irritado nem de mau humor. O amor fica feliz pelo próximo que desfruta vários intervalos para descanso. O amor não precisa dirigir o carro mais luxuoso, viver na casa mais espaçosa nem ter as mais recentes engenhocas eletrônicas. O amor não tem que sempre ser o chefe ou ter a última palavra.
O amor verdadeiro não reclama, não se queixa, não resmunga, nem condena ou pressiona as pessoas para conseguir o que quer, porque o amor verdadeiro está tão atento às necessidades dos outros, que não tem tempo para se preocupar com as suas próprias. O amor não se apavora quando as coisas não acontecem a seu modo. O amor é rápido para acreditar no melhor sobre as pessoas e vagaroso para acreditar no resto.
O amor detesta ouvir fofocas e prefere apenas falar das virtudes e coisas boas que as pessoas fizeram. O amor sabe que o que escuta, assiste ou lê afetará suas atitudes e ações e, portanto, afetará os outros, então tem cuidado sobre como despende seu tempo.
O amor verdadeiro é flexível, não se abala com as coisas e sabe lidar com tudo que venha a surgir. O amor verdadeiro está sempre pronto para dar um voto de confiança e busca o que há de melhor nas pessoas. O amor verdadeiro acredita que as pessoas vão atingir o seu potencial pleno e lhes dá todas as oportunidades para isso. O amor verdadeiro não perde a paciência, mesmo com aqueles que são lentos para acompanhar o ritmo ou fazer o que lhes cabe. O amor não fica olhando para o relógio quando outros estão falando.
O amor nunca falha. Eu falho aos outros, e os outros podem me falhar. Todos nós podemos nos equivocar, nos desencaminhar ou nos confundir às vezes. Nossas palavras e ações frequentemente são falhas e nossas idéias brilhantes nem sempre acabam como queremos ou esperamos.
Somos frágeis, falíveis, muitas vezes tolos e nossa compreensão do mundo em que vivemos, sem mencionar do mundo por vir, na melhor das hipóteses, é apenas parcial.
Mas quando o Espírito de amor de Deus vive em nós, isso muda tudo.
Na verdade, não passamos de crianças quando se trata de praticar verdadeiro amor, mas Deus pode nos ajudar a superar nossas infantilidades.
Sem Ele, não temos a mínima idéia do que realmente se trata o amor e as outras coisas de mais importância na vida. Mas quando vivermos em Seu reino – o Reino dos Céus que Jesus disse está mesmo agora dentro de nós – poderemos ver as coisas como Ele as vê, colocar nossas prioridades no seu devido lugar, retirar os impedimentos, viver e amar ao máximo.
Há muitas coisas agradáveis na vida e muitas coisas boas, mas nenhuma se iguala nem é tão importante quanto o amor!
Read more

10 de março de 2011

FIRME COMO ROCHA

0 comentários




Se quiser escalar uma montanha, precisa realmente considerar que vale a pena morrer por isso! Qualquer montanha -a montanha desta vida, a montanha da realização, a montanha dos obstáculos e das dificuldades. Quem as escolher, têm de entender que vale a pena morrer por elas, enfrentar o vento, o frio e a tempestade, que simbolizam as adversidades.

Só os pioneiros escalam montanhas. É gente que quer fazer algo que outros jamais fizeram e estar acima da multidão, além daquilo que já foi feito e realizado. Um pioneiro tem de ter visão: visão para ver o que ninguém mais consegue ver; fé: fé para acreditar no que ninguém mais acredita; iniciativa: estar disposto a ser o primeiro a tentar; coragem: ter peito para ir até o fim!

Na montanha, você sente como se estivesse vivendo na eternidade, enquanto que lá em baixo eles vivem no tempo. Você vê o mundo na perspectiva exata, com cordilheiras após cordilheiras a ser conquistadas e um mundo além da visão e do horizonte do homem comum. Vê picos distantes a serem escalados, vales distantes ainda por atravessar. Vê coisas que os homens nos vales jamais conseguirão ver nem compreender.

No vale, as pessoas ficam tão envolvidas com a multidão, com as coisas ilusórias e com o materialismo, que não conseguem ver nada além do tempo e das criaturas e coisas temporárias, que em breve passarão. Se você, porém, elevar a sua cabeça acima dessa multidão, se tornará uma montanha no meio deles e, por isso, ficarão ressentidos, resistirão e lutarão contra você, pois não conseguem nem querem compreendê-lo.

Eles nem querem saber que existem montanhas! Não querem que os outros ouçam falar em montanhas, ou que recebam uma lufada de ar fresco desse pico cristalino! Querem manter todos presos lá embaixo no vale, na lama e no lodaçal. Não querem que ninguém saiba que existe outro lugar aonde ir além do vale. É por isso que farão tudo ao seu alcance para desencorajá-lo a escalar a montanha.

O vale é o território do homem, mas as terras altas são território de Deus. O homem domina o vale, mas só Deus domina a montanha e os que lá vivem bem o sabem. Os habitantes dos vales, porém, pensam que são Deus, porque decidem a própria vida. Sentem-se tão seguros que acham que não precisam dEle, porque, como não conseguem mais ver o Céu, esqueceram-se que existe um Deus.

Caminhos batidos são para homens abatidos, mas os picos das montanhas são para os grandes pioneiros.
Read more

16 de fevereiro de 2011

RAIOS DE ESPERANÇA

0 comentários



Determinar" nossa fé quer dizer "estabilizar, tornar inabalável, criar raízes, pôr pilares por baixo, dispor alicerces". As escrituras dizem que fazer isso está dentro de nossa capacidade. Tiago registra: "O que duvida é semelhante à onda do mar, impelida e agitada pelo vento. Não suponha esse homem que alcançará do Senhor alguma coisa" (Tiago 1:6,7).

Nessa passagem, o Senhor deixa toda a responsabilidade sobre o crente. Deus está dizendo basicamente: "Quando o mundo olha para o Meu povo nestes dias de medo e ansiedade, tem de ver fé. Enquanto tudo está sendo abalado, a fé é o que precisa-se manter sólida e inabalável. Então, você, crente, ancore a sua fé. Você, cristão, assuma uma postura rígida. E nunca desista desta posição".

Estou convencido de que o mundo não precisa de mais sermões sobre fé. Eles precisam ver um sermão ilustrado: a vida de um homem ou de uma mulher que esteja vivendo sua fé diante do mundo. Precisam ver servos de Deus atravessando as mesmas calamidades que eles mesmos enfrentam, mas não são abalados por elas. Só então os pecadores estarão face a face com o testemunho poderoso da fé que não duvida.

Davi descreve isso quando fala dos "que em ti confiam na presença dos filhos dos homens" (Salmo 31:19). Ele estava falando dos crentes cuja sólida fé e cujas vidas fiéis são raios de esperança aos das trevas.
Read more

9 de fevereiro de 2011

CADES BARNÉA

0 comentários





Cades-Barnéia é o local da coisa assumidamente impossível. A própria palavra vem da raiz hebraica significando "fugitivo, vagabundo, vagante". Resumindo - se você tomar a decisão errada aqui, acabará vagando por um deserto o resto da vida.
Muitos cristãos estão exatamente nesse ponto agora. Deus lhes deu Suas promessas de Aliança; lhes deu um passado histórico maravilhoso consigo, lhes concedendo milagre após milagre de libertação. Mas o diabo foi a eles com mentiras, dizendo que não conseguiriam acabar a carreira. Ele os convenceu de que não eram bons o suficiente, de que Deus ainda estava zangado com eles devido a pecados passados, e que nunca os perdoaria.

Diga: você começou a aceitar estas mentiras? Você acha que Deus irá falhar quando a sua crise chegar? Se é assim, então em algum ponto de seu caminhar você deixou de aceitar a Deus segundo a palavra d'Ele. Você não agiu segundo o Seu comando. E o quê foi verdadeiro para Israel é também verdadeiro para você: o teste que você enfrenta em Cades-Barnéia irá determinar o curso de seus anos restantes.

Como Israel, você tem sido carregado nos braços de Deus em meio a um terrível deserto. Ao olhar para trás, você pode recordar as tremendas provações que enfrentou, os dolorosos fracassos que suportou. Você passou por lutas que jamais pensou que iria superar. Mas Deus lhe foi fiel em cada uma delas. Toda vez, Ele misericordiosamente se inclinou e lhe levantou. E agora você pode dizer: "Deus nunca falhou comigo. Estou aqui hoje pela Sua graça. É verdade - Deus me pôs em Seus braços, do jeito que um pai pega o filho".

E mais, Deus o trouxe para fora a fim de o colocar dentro. Há uma terra prometida à sua frente, da mesma maneira que havia para Israel:

"Portanto, resta um repouso para o povo de Deus" (Hebreus 4:9). Deus o salvou para levá-lo a um lugar de repouso. O quê é esse repouso? É um lugar de fé e de confiança inabaláveis no Senhor. É um lugar de dependente confiabilidade em Suas promessas - de que elas cuidarão de você em meio a seus períodos mais difíceis.
Read more

1 de fevereiro de 2011

Maravilhoso Deus

0 comentários
Segundo a teoria da evolução, o processo evolucionário é impulsionado por passos pequenos, incrementais e benéficos, de forma muito semelhante ao que acontece a um dispositivo no qual um de seus componentes é modificado em um dado momento com o propósito de melhorar a eficiência do equipamento, permitindo ao mesmo tempo que o dispositivo permaneça funcionando sem quaisquer outras modificações. Uma vez que o dispositivo tenha acomodado o fato de agora ter um componente melhorado, “entende” que é benéfico também melhorar outro. O dispositivo, portanto, dá mais um passo, “entende” que o passo é bom e então avança um pouco mais. O dispositivo precisa, ao mesmo tempo, continuar funcionando e melhorar sua eficiência.

Mas e se o upgrade exigir mais que uma melhoria de cada vez? A teoria evolucionária não aceita isso. O progresso tem de forçosamente ser feito passo a passo, e se um componente não oferecer uma vantagem a um organismo, ou seja, se não funcionar, será perdido ou descartado. Será que existem dispositivos na natureza que, por causa dessa limitação, não possam ser explicados pela evolução? Na verdade, muitos. Mas tomemos apenas um para desmentir a teoria

Vamos falar de um velho conhecido: o incrível joelho humano. É uma articulação impressionante sem equivalente em nenhuma outra parte do corpo. É bem diferente da articulação do quadril ou do coto-velo. Ainda que todas sejam maravilhas da engenharia, o joelho é verdadeiramente excepcional. Consiste de vários elementos, mas as partes mais críticas são: a) os dois côndilos femurais que giram nos (b) platôs tibiais, e (c e d) os dois ligamentos cruzados (assim chamados porque são transversais entre si), encontrados no espaço entre os côndilos.

Uma estrutura cuja complexidade exige que todas suas partes estejam presentes originalmente e adequadamente funcionais é considerada irredutivelmente complexa. O joelho é irredutível, pois essas quatro partes precisam estar presentes para que funcione (O joelho possui outras partes, mas essas quatro mantêm um relacionamento de interdependência essencial ao desempenho de suas funções). Apenas uma, duas ou mesmo três delas não seriam capazes de desempenhar qualquer função útil e são exclusivamente do joelho.

Portanto, com base na teoria da evolução, é impossível que o joelho tenha evoluído a partir de uma articulação mais simples, como a do quadril ou o cotovelo. Explicar como um dispositivo como esse poderia evoluir em um processo gradual, passo a passo, como exige a evolução darwiniana clássica é um obstáculo intransponível para os evolucionistas.
Tenho muito a falar sobre isso...
Querido Pai, descobri a função exata do joelho...confundir os sábios!
Read more

24 de janeiro de 2011

ESTAMOS EM GUERRA

0 comentários

Acreditamos que cada pessoa que atendeu ao chamado de Jesus para seguir Seu exemplo de amor e levar Sua luz aos outros está envolvida numa guerra que entre dois mundos.

Somos chamados para lutar juntos pela nossa fé, pela verdade e para que as pessoas sejam libertas da carência, da escravidão, da dor, do mal e do medo.

Ninguém pode ser feliz com fome, subnutrido ou doente. Não há espaço para o sentimento de realização onde as pessoas são oprimidas e exploradas pela tirania, forçadas ao trabalho excessivo e vítimas de abusos cruéis. Ninguém pode encontrar felicidade vivendo sob os tormentos da guerra e constantes conflitos, e com os pesadelos causados pela constante insegurança e temor.

Acreditamos que todos esses males são causados pela falta de amor do homem por Deus e pelo seu semelhante, bem como pela sua desobediência às Suas leis de amor, fé, paz e harmonia – , crenças básicas de nossa fé e da de todos os que, de fato, crêem em Deus e no Seu amor.

Além de sabermos pelo que e contra o que estamos lutando, também devemos entender como devemos lutar. A nossa guerra não é travada com armas, exércitos e soldados. Não se trata de um conflito entre homens, nações, raças, ricos e pobres, socialismo e capitalismo. Não é uma guerra entre sistemas políticos e econômicos, sociedades, tribos e culturas, religiões e fés. Não é uma disputa com base no ódio, no rancor, na matança e na carnificina, na vingança e em represálias, em tortura, agonia e morte! Não é uma batalha pela conquista de bens, territórios, nem fomentada pelo orgulho do homem. Essas guerras mundanas do homem raramente resolvem coisa alguma, nem mesmo os problemas básicos da humanidade. Tipicamente, o que se vê é apenas mais sofrimento, agonia, dor, fome, escravidão, rancor, vingança, conflitos, tortura, privação, destruição, desperdício, miséria e morte! A maioria das guerras egoístas e perversas do homem acaba numa mera troca de senhores e de escravos, num círculo vicioso infindável de males, resultando em um número cada vez menor de ricos e um número maior de pobres, todos extremamente infelizes, com vidas horríveis, aterrorizados pelo medo.




A nossa é uma guerra espiritual, travada em fé e amor, para conquistar mentes, corações, e para salvar as almas dos homens. É uma guerra para libertar os homens dos males do espírito, da mente e do coração, os quais os tornam egoístas, desafeiçoados e cruéis. O homem pouco sabe sobre o amor e o poder de Deus, ou sobre as leis que Ele formulou para nos proporcionar felicidade eterna. A desumanidade do homem para com o seu semelhante se deve ao fato de ele não saber ser feliz, e por mal conhecer o amor, a fé, o poder de Deus e Suas leis amorosas criadas para nos dar felicidade eterna.

Lutamos pela liberdade das mentes, dos corações e dos espíritos dos homens, para que não estejam sujeitos ao mal, e para livrar as suas almas da servidão que lhes é imposta pelo Diabo e que nos causa todo esse sofrimento! Estamos numa guerra entre o bem e o mal, Deus e o Diabo, a bondade e a maldade, o amor e o ódio, a vida e a morte, a alegria e a tristeza. É uma guerra universal, na qual os bons espíritos do Céu e os maus espíritos do Inferno disputam nossas almas e nossos corpos, tanto neste plano quanto no espiritual.
Read more

9 de novembro de 2010

Natal! de novo.....

0 comentários



Cultive o hábito de procurar nas nuvens a borda iluminada, e, achando-a, continue a olhar para ela, em vez de ficar olhando para o cinzento escuro do centro.
Não se entregue ao desânimo, por mais oprimido ou molestado que esteja. A pessoa desanimada nada pode fazer. Nesse estado, ela não consegue resistir aos ardis do inimigo, nem prevalecer em oração pelos outros.
Fuja de qualquer indício desse inimigo mortal, como fugiríamos de uma víbora. Não demore em virar-lhe as costas, ou acabara lambendo o pó, em amarga derrota.
Olhe para as promessas de Deus, e diga a respeito de cada uma delas: "Esta promessa é para mim." E se algum sentimento de dúvida ou desânimo ainda persistir, derrame o coração diante de Deus e peça-lhe que repreenda o inimigo que tão impiedosamente nos inquieta.
No momento em que o nosso coração rejeita a desconfiança ou o desânimo, o Espírito Santo desperta em nós a fé e sopra em nossa alma o vigor divino.
A princípio não temos consciência disto, mas, se com o coração resoluto, e sem olhar para os lados, continuarmos desprezando toda dúvida e depressão que nos assalta, logo teremos consciência de que os poderes das trevas estão recuando.
Se os nossos olhos pudessem enxergar o exército de força e poder que está atrás de nós cada vez que tomamos posição contra as hostes das trevas e em direção a Deus, quanto terreno o inimigo perderia em seus esforços para nos deprimir e desanimar!
Pois se o crente mais fraquinho submeter-se ao Senhor e recorrer a Ele no nome de Jesus e com a fé singela de uma criança, todo o poder de Deus estará ao seu lado.
Esse é meu voto de Feliz Natal para todos amigos, porque sei, que nesta data, nem todos estarão felizes,ou com pessoas queridas....Mas Deus estará ao seu lado.
FELIZ NATAL
Read more

17 de outubro de 2010

EU INSISTO ...NO AMOR

0 comentários





Se eu falar cinco idiomas e conversar inteligentemente sobre dezenas de assuntos, mas não tiver amor suficiente para evitar fofocar ou menosprezar os outros, então não só me tornei um monte de barulho inútil, mas também uma influência destrutiva.
E mesmo que eu leia a Bíblia regularmente, saiba partes dela de cor, ore diariamente, tenha muita fé e outros dons espirituais, se não tiver suficiente amor para, às vezes, abrir mão de alguns de meus desejos pessoais por amor a outros, então toda a minha “espiritualidade” não significa nada.
E mesmo que eu tenha dois empregos para prover para minha família, que faça filantropia e seja voluntário em todo projeto comunitário que surgir, se eu não demonstrar amor e bondade àqueles com quem vivo e trabalho, todo meu trabalho árduo e minha abnegação não valem nada.
O amor tem um dia comprido, difícil e frustrante no escritório, no entanto não fica irritado nem de mau humor. O amor fica feliz pelo próximo que desfruta vários intervalos para descanso. O amor não precisa dirigir o carro mais luxuoso, viver na casa mais espaçosa nem ter as mais recentes engenhocas eletrônicas. O amor não tem que sempre ser o chefe ou ter a última palavra.
O amor verdadeiro não reclama, não se queixa, não resmunga, nem condena ou pressiona as pessoas para conseguir o que quer, porque o amor verdadeiro está tão atento às necessidades dos outros, que não tem tempo para se preocupar com as suas próprias. O amor não se apavora quando as coisas não acontecem a seu modo. O amor é rápido para acreditar no melhor sobre as pessoas e vagaroso para acreditar no resto.
O amor detesta ouvir fofocas e prefere apenas falar das virtudes e coisas boas que as pessoas fizeram. O amor sabe que o que escuta, assiste ou lê afetará suas atitudes e ações e, portanto, afetará os outros, então tem cuidado sobre como despende seu tempo.
O amor verdadeiro é flexível, não se abala com as coisas e sabe lidar com tudo que venha a surgir. O amor verdadeiro está sempre pronto para dar um voto de confiança e busca o que há de melhor nas pessoas. O amor verdadeiro acredita que as pessoas vão atingir o seu potencial pleno e lhes dá todas as oportunidades para isso. O amor verdadeiro não perde a paciência, mesmo com aqueles que são lentos para acompanhar o ritmo ou fazer o que lhes cabe. O amor não fica olhando para o relógio quando outros estão falando.
O amor nunca falha. Eu falho aos outros, e os outros podem me falhar. Todos nós podemos nos equivocar, nos desencaminhar ou nos confundir às vezes. Nossas palavras e ações frequentemente são falhas e nossas idéias brilhantes nem sempre acabam como queremos ou esperamos.
Somos frágeis, falíveis, muitas vezes tolos e nossa compreensão do mundo em que vivemos, sem mencionar do mundo por vir, na melhor das hipóteses, é apenas parcial.
Mas quando o Espírito de amor de Deus vive em nós, isso muda tudo.
Na verdade, não passamos de crianças quando se trata de praticar verdadeiro amor, mas Deus pode nos ajudar a superar nossas infantilidades.
Sem Ele, não temos a mínima idéia do que realmente se trata o amor e as outras coisas de mais importância na vida. Mas quando vivermos em Seu reino – o Reino dos Céus que Jesus disse está mesmo agora dentro de nós – poderemos ver as coisas como Ele as vê, colocar nossas prioridades no seu devido lugar, retirar os impedimentos, viver e amar ao máximo.
Há muitas coisas agradáveis na vida e muitas coisas boas, mas nenhuma se iguala nem é tão importante quanto o amor!
Josie Clark
Read more
older post